organização da sua casa

Como anda a organização da sua casa

Vida nenhuma prospera se estiver pesada e intoxicada, porque “existem fios invisíveis que nos ligam à tudo aquilo que possuímos”

AS TOXINAS DA CASA SÃO:

  • objetos que você não usa,
  • roupas que você não gosta ou não usa há tempos,
  • coisas feias,
  • coisas quebradas, lascadas ou rachadas,
  • velhas cartas, bilhetes,
  • plantas mortas ou doentes,
  • recibos/jornais/revistas, antigos,
  • remédios vencidos,
  • meias velhas, furadas,
  • sapatos estragados..
  • velharias de todo tipo que te ligam ao passado.

OLHA QUE MALUCO:

  • No porão e no sótão, as tralhas viram sobrecarga;
  • Na entrada, restringem o fluxo da vida;
  • Empilhadas no chão, nos puxam para baixo;
  • Acima de nós, são dores de cabeça;
  • Sob a cama, poluem o sono
  • Espalhadas pela casa, entulham a vida.

COM O DESTRALHAMENTO:

  •  A saúde melhora;
  •  A criatividade cresce;
  • Os relacionamentos se aprimoram;
  •  Há maior capacidade de raciocínio;
  •  Leveza no espírito e no humor

PERGUNTAS QUE AJUDAM O DESTRALHAMENTO:

  • Por que estou guardando isso?
  • Será que tem a ver comigo hoje?
  • O que vou sentir ao liberar isto?

E vá fazendo pilhas separadas…

  • Para doar
  • Para jogar fora
  • Para vender

A LIMPEZA DE DENTRO REFLETE POR FORA

  • livre-se de barulhos,
  • das luzes fortes,
  • das cores berrantes,
  • dos odores químicos,
  • dos revestimentos sintéticos,
  • do que traz lembrança triste
  • libere mágoas,
  • pare de fumar,
  • repense o uso da carne,
  • termine projetos inacabados.
  • Cultive energia positiva em sua casa.

Faça uma limpeza geral e use caixas para organização:

  • lixo
  • consertos
  • reciclagem
  • em dúvida
  • presentes
  • doação
  • vender

Comece por gavetas e armários e conclua cada cômodo, faça tudo no seu ritmo… ENQUANTO FAXINA observe as mudanças acontecendo em VOCÊ

À medida em que limpamos nossa casa física, também colocamos em ordem nossa mente e coração!

Gostou de ler essas dicas?! Envie para todos que merecem saber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *